A Escola dos Sonhos – Por dentro da Lenôtre

Mais um grande momento da nossa viagem à Paris!

Continuando o nosso aprendizado em Paris, nada mais natural do que visitar uma das maiores e melhores Escola de Gastronomia do mundo: o Lenôtre.

Lá fomos recepcionados pelos grandes chefs Philippe Gobet (  Meilleur ouvrier de France en cuisine  e Diretor da Escola Lenôtre) , Gerard Taurin (  Meilleur Ouvrier de France Glacier  e Champion du Monde Glacier)  e Christophe Rhedon ( Meilleur Ouvrier de France Pâtissier Confiseur Champion d’Europe de Sucre d’Art).

Fomos guiados pelas salas de aula da escola onde pudemos conhecer alguns alunos, de vários países do mundo, como o próprio Chef Gobet fez questão de perguntar a cada um. Em cada uma as salas o nosso grupo ouvia atentamente a uma explicação do que se fazia ali, além de alguns métodos de aprendizagem.

Em uma da salas o Chef Richard Idelvert, estava com um grupo de estudantes de todo o mundo ministrando uma aula de viennoiseries; e em outra, o Chef Olivier Mauron estava com outros alunos do curso especial para uma aula de  Petit Gateaux et verrines.

A escola tem um programa modular onde os alunos têm aulas com os melhores profissionais da França.

Após a visita à escola fomos convidados para conhecer a produção da padaria que abastece as lojas do Lenôtre em Paris. Motivo de grande honra para o nosso grupo, vez que poucos tem acesso à padaria. Observem o grande forno a lenha da padaria.

Para fechar com chave de ouro ainda fomos convidados para um delicioso brunch com pães, patês, sanduiches, bolos e doces preparados no Lenôtre, além dos vinhos franceses.

 Símbolo da hospitalidade francesa, a baguete de 2 metros teve seu momento de destaque e foi preparada pelo Chef Gobet e sua equipe e compartilhada entre todos nós, como sinal de amizade.

A visita a Lenôtre causou grande impacto no nosso grupo no sentido de que todos ficaram convencidos da necessidade de uma especialização profissional, principalmente nas áreas de panificação e confeitaria; e para essa excelência é preciso buscar boas escolas e bons cursos.

Aliás, como disse bem o Chef Gobet ” aqui no Lenôtre temos somente 4 níveis de avaliação: Muito Ruim, Ruim, Bom, Muito Bom. Porque médio é algo que não existe!”.

Quero agradecer imensamente à diretoria da escola na pessoa dos Chefs Gobet, Rhedon e Taurin pela excelente recepção ao nosso grupo e ensinamentos tão profundos em poucas horas de visita. E parabenizo pelo excelente trabalho nessa escola que sem dúvida, é umas das melhores do mundo!

Acompanhe também pelo site da Revista Prazeres da MesaNA ROTA DO PÃO.